Jogador adota cachorro de rua que invade jogo de futebol

Quem ama futebol acaba não vendo a hora de correr para assistir ao jogo no estádio do seu time favorito, não é verdade? Sentimos todos os tipos de emoções possíveis quando eles pensam em seu jogador favorito scrimmage contra o time rival.

Mas nesse caso, o rival era um cãozinho sapeca que decidiu invadir o estádio para pegar uma chuteira e fugir, correr e conseguir se divertir com os jogadores.

Esse cachorro de rua fez exatamente isso durante uma partida entre Nacional Potosí e The Strongest no Estádio Hernando Siles, na Bolívia no dia 24 de dezembro.

O cãozinho acabou roubando a cena em questão de minutos e teve um dos seus maiores momentos de glória. O cão correu feliz com uma chuteira na boca, e recebeu um prêmio merecido dos jogadores em campo e antes que o levassem para fora do campo, recebeu uma deliciosa massagem abdominal.

O cãozinho acabou sendo reconhecido mais tarde como Cachito, não só conseguiu conquistar o coração da torcida, mas também foi como um amuleto da sorte que deu a vitória para o time da casa que venceu de 3 a 0 no Natal. Mas essa história não acaba aí.

O vídeo do cãozinho acabou viralizando e pegando mais de um milhão de visualizações. O jogo que ocorreu no Natal ainda está em discussão, com claras razões.

Depois do ocorrido, a saúde e a falta de moradia de Cachito acabou preocupando os torcedores da cidade de La Paz.

Depois de relatarem a localização do cãozinho através das redes sociais, eles conseguiram descobrir que o cachorrinho se abrigava perto do prédio Auditor-Geral e teria sofrido um acidente de carro. O filhote foi achado no centro de La Paz e foi transferido para o abrigo “Not a Leg Less”.

 O jogador Raul Castro ficou tão emocionado com a situação do cachorrinho que acabou o adotando oficialmente Cachito e o trouxe para sua nova casa, segundo a página da Bolivian Sports Machine.

“Peguei as redes sociais dos meus colegas emprestados pois não tenho uma. Entrei em contato com o hotel avisando que adotaria. Agora tenho ele para ajudar. Quando retornei para La Paz, vou adotá-lo”, disse o jogador.

Agora torcemos para que Cachito possa ser muito feliz com sua nova casa e novo dono!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.