Filhote visita todas as manhãs o túmulo do antigo cachorrinho dos seus donos

Durante 17 anos, Burleigh o cachorrinho conseguiu trazer alegria para Michelle Buxlley e sua família. Mas infelizmente o melhor amigo de Buckley acabou falecendo por conta da idade avançada.

“Te amamos muito Burleigh, obrigado por tudo!” escreveu Michelle na época.

Mesmo depois de ter se passado quase um ano desde que Burleigh foi enterrado no quintal da família Buckley, o amor que o cãozinho sente mesmo por aqueles que ele sequer chegou a conhecer, permaneceu.

Há alguns meses, Michelle e sua família decidiram que já estava na hora de abrir espaço em seus corações novamente para um novo cãozinho de estimação. E com sorte, não foi necessário muito tempo para que eles encontrassem Dougie.

Dougie curiosamente nasceu pouco tempo depois do falecimento de Burleigh, mas a família conseguiu que os dois compartilhavam uma curiosa conexão.

Durante o dia a dia, Michelle acabou percebendo que Dougie saía para o quintal todas as manhãs para o mesmo lugar, o túmulo de Burleigh.

“Temos um quintal muito grande para Dougie passar o tempo, mas todas as manhãs ele claramente escolhe ficar aqui, onde Burleigh está enterrado” escreveu Michelle.

“É como se ele soubesse…” escreveu Michelle em suas redes sociais.

Mesmo que Dougie nunca tenha conhecido de fato seu antecessor, que sua família muito amou antes da sua chegada, os dois parecem ter uma curiosa conexão que atrai o filhotinho para aquele lugar toda manhã.

“Ele deve sentir alguma coisa quando se aproxima dali” comentou Michelle emocionada.

É impossível não se emocionar com quanto Dougie consegue ser sensível nesta situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.