Após 3 anos, guaxinim resgatado retorna da natureza para visitar mulher que o salvou

Apelidado de Little Hands, esse guaxinim tinha apenas algumas semanas de vida quando foi encontrado sozinho na beira de uma estrada. Era início de junho quando todos os resgates de animais selvagens na área estavam em capacidade máxima.

“Quando é feita a pergunta do que se deve fazer com um guaxinim órfão, é dito: ‘deixe ele em paz e deixe que a natureza siga seu percurso’ ou ‘você pode levar o animalzinho ao veterinário e eles terão que sacrificá-lo” disse Nikki Robinson, que trabalha na reabilitação de animais selvagens. “Mas eu não podia deixar isso acontecer, iria partir meu coração!!”

Robinson estava trabalhando em tempo integral, sua mãe, Linda, estava quase aposentada e podia dar mamadeira ao bebê até cinco vezes por dia. Então quando Robinson deixou as claras que não iria dar netos tão cedo para ela, Linda relutando se tornou a “mãe” de Little Hands.

“Na primeira vez que ela deu mamadeira para ele, ele olhou pra ela e ela meio que derreteu”. Contou Robinson. “Ela sempre o tratou com muita doçura pois eles gostam muito de serem tocados. Então isso criou um laço, mesmo sabendo que em algum momento ele voltaria para a natureza.” Little Hands com seu crescimento forte no verão já estava pronto para voltar por conta própria.

“Ele recebeu uma libração suave, primeiro foi morar debaixo do deck na propriedade de linda, onde ela deixava comida de fora sempre até ele sair para encontrar seu próprio caminho.” Disse Robinson. “Mas Little Hands sempre se manteve amigável com toda nossa família, sendo gentil e amoroso.”

“Minha mãe tem uma cadeira que balança na varanda onde ela se senta e fica para fora, e ele subia e rastejava para o balanço para sentar-se do lado dela pois queria um carinho no seu bumbum e queixo. Ele queria seus carinhos.” Contou Robinson. Por três anos, Little Hands viveu na natureza de forma independente, mas continua voltando para casa onde ele foi cuidado para receber carinho de Linda.

Desde que Little saiu aqui de casa, Linda já recebeu muitos filhotes de guaxinins órfãos e abandonados que não tenham onde ir ou ficar. E todos os anos, os guaxinins que ela solta na natureza continuam retornando para visitá-la. “Todo dia ela se senta do lado de fora e aguarda, e mesmo que eles cresçam as visitas continuam a deixando muito feliz.

18 comentários em “Após 3 anos, guaxinim resgatado retorna da natureza para visitar mulher que o salvou”

  1. Maria Angélica Coelho

    E ainda tem ser humano que maltrata animais.A humanidade tem que evoluir muito pra entender que os animais sofrem com o descaso e a maldade.

  2. Todos os animais têm mas agradecimento no ❤ que muitos humanos!!essa sra é família devem de ser muito felizes. parabéns 👏 👏 👏

  3. O amor é um sentimento de mão dupla. O que damos aos animais é mais comum de receber do que o que ofertamos aos seres humanos.

  4. Mareli. Carbonell

    Linda história!
    Pessoas que amam e se dedicam aos animais, são
    felizes…
    Não existe nada mais gratificante e Belo que o Amor puro e verdadeiro Deus abençoa e protege pessoas do bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.